em Portuguêsin English

Baganha Galeria


Joan Miró (pormenor)

Joan Miró

 


Pintor surrealista, escultor e ceramista catalão (1893-1983). Frequentou a Escola de Belas Artes de Barcelona e a Academia Gali. Os seus trabalhos anteriores a 1920 (data da sua primeira viagem a Paris) refletem a influência de diferentes tendências, como as cores puras e brilhantes usadas no Fauvismo, formas do Cubismo, influências de arte folclórica catalã e os frescos bizantinos das igrejas catalãs. Nesta viagem a Paris conheceu André Breton, desenvolvendo, assim, a sua tendência para a pintura surrealista. A partir de 1930, começa a interessar-se pelo objeto na forma de colagens, prática que levaria à sua incursão pela escultura surrealista. Foi nesta década que surgiram os seus “monstros atormentados”, dando lugar à consolidação do seu vocabulário plástico. Trabalhou, ainda, diversas outras formas artísticas, como aguarela, pasteis, gravuras, litografias e pintura sobre cobre. No final da década de 60, começa a concentrar o seu trabalho em obras de carácter mais monumental e público. Miró era caracterizado pela linguagem corporal e frescura com a qual pintava as suas telas, assim como pela atenção que dedicava aos materiais e pelo informalismo. Concentrou o seu interesse nos símbolos, não dando muita importância à representação dos temas, mas sim à forma como os símbolos emergiam como parte da peça que estava a trabalhar. A Fundação Joan Miró Centro de Arte Contemporânea foi inaugurada em 1975.

www.fundaciomiro-bcn.org



 

voltar



© 2012-2017 Baganha Galeria | Todos os direitos reservados | a Galeria no Facebook | design: Exemplaria