em Portuguêsin English

Baganha Galeria


Jan Meyer (pormenor)

Jan Meyer

 


Nasceu em Assen em 1927 (Holanda). Começou a desenhar durante a ocupação alemã. Em 1944 visitou o atelier de Werkman, cujos conselhos influenciaram o seu trabalho. Desenvolveu um método de trabalho que transformou a sua pintura, deixando atrás o reflexo da calma vida provinciana representada nos seus trabalhos anteriores. Após a guerra, conheceu Evert Rinsema, um dos mais antigos membros de “De Stijl” e velho amigo de Theo Van Doesburg. Através dele, descobriu e admirou o trabalho de Mondrian, e familiarizou-se com o movimento Dadá na Holanda. Rinsema também mostrou a Meyer o trabalho expressionista de Kirchner. A vida de Meyer tornou-se uma busca do equilíbrio entre a nostalgia e o seu caracter expressivo.

A partir de 1948, Meyer expõe o seu trabalho em galerias de Amsterdão e Paris.

A sua exposição no Premio Lissone durante uma estadia em Italia, marcou um importante período da vida do artista. Famosos artistas abstractos frequentaram o seu atelier, Fontana, Saura, Klein, Appel e Corneille.

O trabalho de Meyer pode ser incluído na categoria de abstração lírica.

A sua obra pode ser encontrada em importantes colecções publicas e privadas, como o Musée d’Art Moderne de Paris, a Tate Gallery de Londres, o Gemeentemuseum de Haia e o Museu Stedelijk em Schiedam.

Jan Meyer faleceu em 1995.



 

voltar



© 2012-2017 Baganha Galeria | Todos os direitos reservados | a Galeria no Facebook | design: Exemplaria