em Portuguêsin English

Baganha Galeria


António Palolo (pormenor)

António Palolo

 

 


António Palolo nasceu em Évora, em 1946.

Autodidacta, realiza a sua primeira exposição em 1964, na Galeria 111 em Lisboa. Integra em 1968 a “Exposição de Arte Portuguesa”, Fundação Calouste Gulbenkian, Madrid, Paris e Bruxelas.

Expõe em diversos Museus: 1971, Hudson River Museum de Nova Iorque; 1979, Museu Vostell, em Malpartida de Cáceres; 1981, Museu de Arte Moderna de São Paulo.

A sua grande retrospectiva realiza-se no Centro de Arte Moderna da F.C. Gulbenkian, em 1995.

Artista referencial na história da arte portuguesa, António Palolo marcou as sucessivas conjunturas artísticas, desde o início do seu percurso em meados dos anos 60, com uma obra em que a energia criativa e o sentido de experimentação se aliaram a uma apurada sensibilidade pictórica no tratamento da composição, da cor e da luz. Deste artista, conhecido essencialmente pela sua produção em pintura e desenho, permanecem praticamente desconhecidas as experiências cinematográficas que desenvolveu entre 1969 e 1978, assim como as obras em vídeo que realizou entre 1977 e o início dos anos 80.

António Palolo encontra-se representado em importantes colecções públicas e particulares bem como nos principais Museus. Faleceu em 2000.

 

voltar



© 2012-2017 Baganha Galeria | Todos os direitos reservados | a Galeria no Facebook | design: Exemplaria