em Portuguêsin English

Baganha Galeria


Ângelo de Sousa (pormenor)

Ângelo de Sousa

 


Nasceu em Moçambique, em 1938. Frequentou o curso de pintura na Escola Superior de Belas Artes do Porto que, terminou com 20 valores, juntando-se assim ao grupo dos “Quatro Vintes” (todos eles graduados pela Escola Superior de Belas Artes do Porto com 20 valores). Artista vanguardista, experimentalista e minimal, Ângelo de Sousa usou ao longo da sua longa e profícua carreira diferentes técnicas e suportes: o desenho, a pintura (recusa molduras, estuda a luz e experimenta diferentes técnicas), a escultura, a fotografia, o filme, o vídeo e a cenografia. A crítica considera-o muito criativo e impulsivo. A sua obra demonstra uma forte coerência, apesar da constante mutação.

Na pintura alguns autores associam-no a Mondrian, apesar de o próprio Ângelo de Sousa se declarar influenciado pelo Expressionismo. As discussões artísticas nunca o afetaram. Por opção manteve- se sempre à margem das polémicas neorrealistas e dos debates sobre figuração e abstração. Antes, derivou para outras reflexões motivadas pelo interesse que frequentemente demonstrou pela gravura oriental, as artes primitivas e exóticas e Art Brut, o Expressionismo, por artistas como Klee e Kandinsky e por movimentos como o Colour Field, o Post Painterly Abstraction, a Op e a Pop Art. Dedicou-se, também, à investigação e desenvolvimento de técnicas inovadoras e à docência na Faculdade de Belas Artes no Porto. Faleceu no Porto, onde residiu quase toda a sua vida, a 29 de Março de 2011.

 

voltar



© 2012-2017 Baganha Galeria | Todos os direitos reservados | a Galeria no Facebook | design: Exemplaria